ODS 12

Consumo e produção
responsáveis

Assegurar padrões de produção e de consumo sustentáveis

12.1 Implementar o Plano Decenal de Programas sobre Produção e Consumo Sustentáveis, com todos os países tomando medidas, e os países desenvolvidos assumindo a liderança, tendo em conta o desenvolvimento e as capacidades dos países em desenvolvimento

12.2 Até 2030, alcançar a gestão sustentável e o uso eficiente dos recursos naturais

12.3 Até 2030, reduzir pela metade o desperdício de alimentos per capita mundial, nos níveis de varejo e do consumidor, e reduzir as perdas de alimentos ao longo das cadeias de produção e abastecimento, incluindo as perdas pós-colheita

12.4 Até 2020, alcançar o manejo ambientalmente saudável dos produtos químicos e todos os resíduos, ao longo de todo o ciclo de vida destes, de acordo com os marcos internacionais acordados, e reduzir significativamente a liberação destes para o ar, água e solo, para minimizar seus impactos negativos sobre a saúde humana e o meio ambiente

12.5 Até 2030, reduzir substancialmente a geração de resíduos por meio da prevenção, redução, reciclagem e reuso

12.6 Incentivar as empresas, especialmente as empresas grandes e transnacionais, a adotar práticas sustentáveis e a integrar informações de sustentabilidade em seu ciclo de relatórios

12.7 Promover práticas de compras públicas sustentáveis, de acordo com as políticas e prioridades nacionais

12.8 Até 2030, garantir que as pessoas, em todos os lugares, tenham informação relevante e conscientização para o desenvolvimento sustentável e estilos de vida em harmonia com a natureza

12.a Apoiar países em desenvolvimento a fortalecer suas capacidades científicas e tecnológicas para mudar para padrões mais sustentáveis de produção e consumo

12.b Desenvolver e implementar ferramentas para monitorar os impactos do desenvolvimento sustentável para o turismo sustentável, que gera empregos, promove a cultura e os produtos locais

12.c Racionalizar subsídios ineficientes aos combustíveis fósseis, que encorajam o consumo exagerado, eliminando as distorções de mercado, de acordo com as circunstâncias nacionais, inclusive por meio da reestruturação fiscal e a eliminação gradual desses subsídios prejudiciais, caso existam, para refletir os seus impactos ambientais, tendo plenamente em conta as necessidades específicas e condições dos países em desenvolvimento e minimizando os possíveis impactos adversos sobre o seu desenvolvimento de uma forma que proteja os pobres e as comunidades afetadas

DICAS ODS

Nossa primeira dica é: quando for consumir/comprar algo, reflita se você realmente tem necessidade desse produto. só compre se não tiver nenhuma dúvida. E nunca compre algo por impulso.

Promoção de bazares de troca de roupas e brinquedos

Instalação de pontos de compartilhamento de bens e serviços

Participar de grupos de compartilhamento de bens e serviços

Realizar palestras sobre consumo consciente

Eliminação do copo plástico e materiais descartáveis

Realizar oficinas de aproveitamento de materiais recicláveis

Reaproveitamento de alimentos

Reduzir o desperdício de alimentos, de água, etc.

Evitar troca de celular com muita frequência

Utilizar sacolas de pano nas compras

Optar por produtos com refil ou a granel

Comprar eletrodomésticos certificados como baixo consumo de energia

Comprar de produtores locais

Descartar os resíduos de forma correta

Promover a educação financeira para reduzir o endividamento da população

Promover oficinas de aproveitamento de materiais para confecção de artesanato

Reduzir a geração de resíduos por meio da prevenção, redução, reciclagem e reutilização

Adotar os princípios do Pacto Global

Implantar a logística reversa

Conhecer e respeitar o código do consumidor

Reduzir o uso de agrotóxicos no plantio de alimentos

Essas são apenas algumas dicas para contribuir com o alcance desde ODS. Existem várias outras formas de termo um comportamento mais responsável e sustentável.