Semana Lixo Zero 2018 mobilizou mais de 3,6 mil pessoas em Joinville

Semana Lixo Zero 2018 mobilizou mais de 3,6 mil pessoas em Joinville

Esse foi o público que participou de mais de 70 ações de conscientização para a redução de resíduos na cidade. Evento ocorreu na última semana de outubro.

A Semana Lixo Zero Joinville 2018 teve a participação direta de 3.650 pessoas da cidade. O evento, que ocorreu entre os dias 19 e 28 de outubro contou com 77 ações espalhadas pela cidade. O balanço da mobilização deste ano foi divulgado na tarde desta segunda-feira (5/11) pela Rastro Soluções Sustentáveis, que organiza a Semana na cidade em parceria com o Instituto Lixo Zero Brasil.

Na quinta edição do evento, que ocorre na cidade desde 2014, as atividades mobilizaram 200 voluntários. Eles ajudaram a organizar 29 palestras, 19 oficinas, cinco visitas técnicas, nove campanhas de coletas de resíduos eletrônicos e cinco mutirões de limpeza, além de feiras, exposições e revitalização da horta do campus da Udesc Joinville. Os mutirões de limpeza ajudaram a retirar do meio ambiente cinco toneladas de lixo. E duas toneladas de resíduos eletrônicos foram encaminhadas para reciclagem ou descarte correto.

“Nestes últimos quatro meses de trabalho, foi muito prazeroso poder conversar com pessoas e organizações que acreditam que seja possível transformar a realidade da gestão de resíduos em nossa cidade. Além desse engajamento e conexões durante a Semana, foi bacana também perceber que as ações de anos anteriores continuam por si só, e essa é a ideia do evento, que seja mais que uma semana e sim um novo estilo de vida”, disse um dos coordenadores da mobilização na cidade, Arthur Rancatti.

Palestras sobre sustentabilidade na construção civil, criação consciente, autoconhecimento, oficinas sobre compostagem, reaproveitamento integral de alimentos, confecção de sacolas retornáveis para compras, confecção de brinquedos com materiais reciclados, além de debates sobre cultivo e alimentação sustentáveis foram alguns dos eventos realizados. Também organizador da Semana, Gustavo Ritzmann explica que a programação sempre envolve discussões que incluem temas para além da geração de resíduos, mas conectados a isso.

“A gente quer mostrar que a forma como vivemos e as escolhas que fazemos podem gerar resíduos que, uma hora ou outra, vão impactar em curto, médio e longo prazo o ambiente em que vivemos. Por isso, as atividades da Semana abordam temas que, à primeira vista, parece não ter a ver com lixo, mas, no fundo, é disso que se trata também”, explicou.

Em 2018, a Semana Lixo Zero foi organizada em mais de 60 cidades de todas as regiões do país. Neste ano, o evento abordou o tema “Ser Lixo Zero é uma Atitude Cidadã”, com foco na conscientização de que todo indivíduo é responsável pela solução dos problemas causados pelo lixo. Em Joinville, o evento foi patrocinado pela Neogrid, Metronorte Concessionária, Fliperama Espaço Colaborativo e Fundação Instituto Tecnológico de Joinville.

Mas, afinal, o que significa ser lixo zero?

 

Significa reduzir ao máximo a geração de resíduos. Mas, em caso de geração, deve-se promover o encaminhamento correto para reciclagem ou compostagem (resíduos orgânicos). Apenas o que não for reciclável ou compostável (como o lixo do banheiro, por exemplo) deve ser encaminhado para a coleta do lixo comum, ou seja, enviados para o aterro sanitário da cidade.

Informações: Ciléia Pontes
Jornalista (MTB/AM 002/2003)
Majuí Comunicação

About The Author

Regina May