Semana Lixo Zero acontece de 19 a 28 de outubro

Semana Lixo Zero acontece de 19 a 28 de outubro

Em 2018, a Semana Lixo Zero será organizada em mais de 50 cidades de todas as regiões do país. Com o tema Lixo Zero é uma Atitude Cidadã, a ideia é mostrar para a sociedade que os recursos públicos usados para gestão e encaminhamento de resíduos pode ser investido em saúde, educação ou infraestrutura. Além disso, o investimento em compostagem de resíduos orgânicos e em reciclagem gera emprego e renda.

“Hoje, cada um de nós gasta mais de R$ 100 por ano com coleta e destinação do lixo. Se transformarmos isto em escolas, são mais de 10 mil escolas jogadas no lixo, literalmente. Ou 20 mil postos de saúde, 15 universidades federais, 15 mil quilômetros de estradas, por exemplo. Isto por ano, todos os anos. Em resumo, estamos jogando melhorias para as cidades no lixo”, explica o presidente do Instituto Lixo Zero (ILZ) e idealizador do evento, Rodrigo Sabatini.

Em Joinville

 

Na cidade, o evento é organizado pela empresa Rastro Soluções Sustentáveis, em parceria com o Instituto Lixo Zero e entidades públicas e privadas. Neste ano, o evento conta com patrocínio da Neogrid, empresa nascida em Joinville e que oferece softwares para a cadeia de suprimentos, e do Fliperama Espaço Colaborativo.

Para 2018, quem tiver interesse em organizar ações durante a Semana já pode se inscrever neste link. Podem ser cadastrados eventos como palestras, visitas técnicas, oficinas, limpezas urbanas, exposições, fóruns ou qualquer atividade ligada a conscientização para redução da geração de resíduos.

O que é o conceito Lixo Zero?

 

Segundo o Instituto Lixo Zero, o conceito lixo zero consiste no máximo aproveitamento e correto encaminhamento dos resíduos recicláveis e orgânicos e a redução – ou mesmo o fim – do encaminhamento destes materiais para os aterros sanitários e\ou para a incineração.

 

De acordo com o conceito estabelecido pela ZWIA – Zero Waste International Alliance –Lixo Zero é: “uma meta ética, econômica, eficiente e visionária para guiar as pessoas a mudar seus modos de vidas e práticas de forma a incentivar os ciclos naturais sustentáveis, onde todos os materiais são projetados para permitir sua recuperação e uso pós-consumo.”

Com informações de Majuí Comunicação para Sustentabilidade

About The Author

Regina May